4 fatores para levar em conta ao analisar o comportamento do seu cliente

Prever o comportamento dos seus clientes para tomar decisões mais estratégicas não é uma questão de ficção científica. Você não precisa de dons paranormais para detectar estas intenções, pensamentos, vontades e medos. Tudo isso está ao seu alcance, bastando empregar uma análise inteligente.

Para trabalhar de forma eficiente, você precisa empregar os conceitos certos nesta área. Afinal, uma análise que é feita errada não pode entregar resultados bons. Se você quer entender melhor o jeito como seus consumidores pensam, precisa ser capaz de se colocar no lugar deles e observar o seu negócio de fora.

Veja a seguir 4 pontos para considerar quando analisar o comportamento do seu cliente:

1. Recomendações são decisivas

Depois de serem expostas a tanta publicidade em múltiplos canais (TV, revistas, jornais, entre outros), as pessoas acabam se tornando mais céticas em relação à forma como os produtos são apresentados. Por isso, se baseiam bem mais em recomendações de outras pessoas, especialmente amigos. É por isso que tantas lojas virtuais possuem espaço dedicado a avaliações: saiba fazer uso delas para obter sucesso!

2. Correlação x causa

Ao analisar dados de comportamento do seu público, pode ser muito fácil cair naquele vício muito comum em diversas áreas: achar que uma correlação significa uma causa. Não é porque a maioria dos seus clientes prefere determinado produto e escolhe determinado método de pagamento que uma tendência causou a outra. Saiba olhar para as suas métricas de maneira contextualizada para não cair em erros.

3. Documentação é importante

Uma pesquisa feita hoje pode não refletir mais a realidade daqui a 5 anos, mas isso não significa que ela deve ser completamente descartada. Primeiramente, você deve ter um acompanhamento das suas métricas ao longo do tempo para sempre poder comparar. Além disso, nunca se sabe quando você vai precisar consultar os dados desta época específica para colher insights valiosos para o futuro.

4. Na internet, intenções são claras

Sabe aquela história de como seria incrível poder saber o que o seu cliente está pensando? Pois lembre-se de que na internet isso é bem mais fácil de conseguir. A resposta está nos caminhos seguidos pelo seu público até chegar até o seu produto. Analise as palavras-chave mais buscadas, seções mais visitadas e tipos de produtos mais procurados para ter uma ideia das preferências do seu público.

Conhecer a forma como o seu cliente pensa é essencial para traçar planos vencedores para o seu negócio, não importa a área em que você atue. Como você costuma fazer essa análise? Conte para a gente nos comentários!